quarta-feira , 28 de junho de 2017
Últimas Notícias

Seminário defende empresas públicas nesta quarta, 7; Sindicato participa

Encontro em Brasília promovido pelo Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas com o apoio da Fenae recebeu mais de uma centena de inscritos, representando dezenas de entidades

Diretores do Sindicato participam, nesta quarta, 7, do seminário “Em Defesa das Empresas Públicas”, organizado pelo Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas com o apoio da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae). O encontro acontece durante todo o dia, a partir das 9h, no San Marco Hotel, em Brasília, e reunirá especialistas, técnicos, parlamentares e representantes de entidades sindicais e associativas de todo o Brasil para expor um amplo painel dos riscos a que estão submetidas essas empresas na atual conjuntura; reforçar sua importância para a sociedade brasileira e estabelecer estratégias conjuntas de defesa desse patrimônio. A expectativa é de que cerca de 200 pessoas compareçam ao encontro.

Participam das palestras, entre outros, o representante do Brasil na Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA, Paulo Vannuchi; o diretor-técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Clemente Ganz Lúcio, e a coordenadora do Núcleo de Pesquisa da Fundação Perseu Abramo, Vilma Bokany. A abertura será feita pela coordenadora do comitê, Maria Rita Serrano, e pelo presidente da Fenae, Jair Ferreira. O seminário prossegue até 17h30, quando será apresentada carta-aberta elaborada pelas entidades presentes. “No prazo de um mês o seminário recebeu mais de uma centena de inscritos de entidades presentes em todo o Brasil. Isso demonstra o grande interesse pela temática e fortalece nossa busca por unidade na defesa das empresas públicas brasileiras”, destaca a coordenadora do comitê, Maria Rita Serrano, que também é representante dos empregados no CA da Caixa e diretora do Sindicato e da Fenae.

Comitê - O Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas é uma instância organizativa nascida em janeiro de 2016 como consequência da mobilização contra o Projeto de Lei do Senado 555, que estabelecia o Estatuto das Estatais (ou Lei de Responsabilidade das Estatais). Tem a participação das centrais sindicais CUT, UGT, Nova Central, Intersindical, Conlutas e CTB, e o apoio de entidades como a Fenae, Contraf e FUP, representando centenas de categorias de trabalhadores em todo o Brasil. Em junho passado lançou no Rio de Janeiro a campanha “Se é público, é para todos”, de alcance nacional, para denunciar os riscos das privatizações, tanto para trabalhadores de empresas atingidas quanto para a sociedade brasileira.