Área restrita

O pré-lançamento do filme “ Agentes da Vida” será realizado na cidade de Mauá, dia 22/9, sexta-feira, na rua Santa Helena, 248, Centro, Mauá, às 19h, com a presença de profissionais da área da saúde, diversos personagens presentes no documentário e do ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha.

Agentes da Vida é um documentário sobre o Programa Mais Médico no Brasil. Acompanhando os profissionais de saúde nas periferias dos Estados do Maranhão e São Paulo. 

Clique AQUI para ver o Teaser do filme.

No mesmo dia, após a exibição do filme, haverá uma exposição fotográfica das principais imagens registradas pela equipe documentarista. Haverá também após a apresentação um bate papo com alguns personagens do projeto.

Para o produtor Tarcísio Tadeu Garcia Pereira,  o que mais despertou interesse nesse filme foi relembrar a sua participação no Projeto Rondom, realizado na década de 70, "Vi cenas da minha memória ainda nos dias de hoje na superação da mortalidade materna e infantil em muitas comunidades".

Personagens 

- Alexandre Padilha, médico, ex-ministro da saúde, em sua gestão à frente do Ministério da Saúde, implementou o Programa Mais Médicos no Brasil, levando, aproximadamente, 18 mil médicos a todos os cantos do território nacional, inclusive em periferias de grandes cidades, em comunidades indígenas, quilombolas e ribeirinhas. 

- Dr.Nelson Pimenta, médico que atende na comunidade onde nasceu, tem uma história peculiar: era servente de pedreiro e atuava na pastoral do seu bairro. Foi agente comunitário de saúde e quando se preparava para ingressar na faculdade de enfermagem teve a oportunidade de estudar medicina em Cuba.

- Dona Agostina, 60 anos, rendeira, moradora no município de Raposa, estado do Maranhão, relata, emocionada, diversos casos de mulheres que morreram sem o devido atendimento de saúde "com o filho atravessado". Ainda, relembra casos em que eram obrigadas a colocar a parturiente em uma rede de balanço e transporta-la em um barco para a capital. Hoje, a queda da mortalidade materna e infantil vem sendo reduzida drasticamente. 

- Doutor Norge, médico cubano, há 4 anos no Brasil, é um dos médicos mais queridos da cidade de Mauá. Sua casa se tornou um local de referência e refúgio para os pacientes, que o procuram até mesmo fora do seu horário de expediente. Tornando-o, além de médico,  amigo dos moradores da comunidade onde vive e trabalha. 

- Maria Brasil, ACS (agente comunitária de saúde), analfabeta, vinda do Piauí, é envolvida com os problemas de sua comunidade e atua na área de saúde. Hoje, prestes a terminar o seu estudo universitário, destaca o acompanhamento das famílias do bairro e explica que desde o momento em que é identificado o "atraso da menstruação ao desenvolvimento gestacional acompanhando a vida da mame e do bebê".

6 1

2

3

4

5

Entidade esclarece sobre risco da privatização para a sociedade e os trabalhadores bancários

O Sindicato está nessa manhã nas agências do Banco do Brasil (Marechal) e Caixa (Magnólia) em São Bernardo promovendo atividade em defesa dos bancos públicos. Os diretores sindicais conversam com a população e bancários para esclarecer sobre os ataques que essas empresas vêm sofrendo no governo Temer, que já anunciou que pretende privatizar o que for possível no País.

Caixa e BB passam atualmente por mudanças que colocam em risco seu papel social na gestão de projetos e recursos aplicados no desenvolvimento do País em setores estratégicos, como educação, saúde, transportes e infraestrutura. Programas como Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família, entre outros, sofrem cortes e outros deixam de existir. Além disso, também há ataque aos direitos dos trabalhadores dessas empresas, com reestruturações que reduzem o número de empregados e de agências e precarizam o atendimento a clientes e usuários.

Um boletim informativo sobre o tema também está sendo distribuído à população. A atividade se soma a várias outras que ocorrem pelo País, como seminários e audiências públicas para alertar sobre os perigos da privatização e reivindicar a manutenção dos bancos públicos.

 

bp2

Solicitação foi feita pelo Sindicato dos Bancários do ABC; evento terá início às 19h e deve resultar em moção de apoio

A Câmara Municipal de Santo André sedia, no próximo dia 29, audiência pública para debater os ataques que os bancos públicos vêm sofrendo no atual governo federal. Solicitado pelo Sindicato dos Bancários do ABC e viabilizado por intermédio da vereadora Bete Siraque (PT), o evento havia sido marcado inicialmente para 15 de setembro, mas teve que ser prorrogado por mudanças na agenda da Câmara. O início será às 19h.

O objetivo é destacar a importância dessas instituições nas economias nacional e regional e promover a discussão sobre as ameaças de privatização e precarização nos bancos públicos, bem como informar as consequências para a sociedade e, em especial, a categoria bancária. Atualmente, Caixa e Banco do Brasil já passam por mudanças que reduzem o número de empregados e agências no País. Os cortes em programas sociais e na concessão de crédito, para pessoas físicas e empresas (inclusive via BNDES) também apontam para o desmonte dessas instituições.

Participam do evento como expositores o presidente do Sindicato, Belmiro Moreira; a coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas e representante dos empregados no Conselho de Administração da Caixa, Rita Serrano; o coordenador da Comissão de Empresa do Banco do Brasil, Vagner Nascimento, e o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Roberto von der Osten.

Após a audiência também deverá ser aprovada uma moção de apoio dos parlamentares andreenses aos bancos públicos. O Sindicato já encaminhou às demais câmaras municipais da região a solicitação para atividades similares, e novos debates poderão ser promovidos. Eles se somam a centenas de ações que vêm sendo realizadas pelo País para denunciar o desmonte de empresas e serviços públicos, e ampliam a organização para um grande ato em defesa do patrimônio público que acontecerá em 3 de outubro na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

convite audiencia

Evento acontece no próximo dia 21 na Câmara Municipal de São Bernardo

Será realizada, no próximo dia 21, sessão solene em comemoração ao Dia Nacional de Luta da Pessoa Deficiente, a partir das 14h na Câmara Municipal de São Bernardo. A vereadora Ana Nice, presidente da Comissão organizadora, esteve no Sindicato para convidar a entidade à participação, junto com o assessor legislativo Flávio Henrique (na foto abaixo, a vereadora está de camisa azul e, à sua esquerda, o assessor).

A mudança e participação a partir da inclusão, bem como os avanços e desafios nas políticas públicas de Direitos Humanos para as pessoas com deficiência são itens em pauta na temática que, segundo o diretor do Sindicato, João Antônio Pires, ainda tem muito a avançar. “Obtivemos conquistas importantes, mas que precisam ser mantidas e ampliadas”, aponta.

A Câmara Municipal de São Bernardo fica na Praça Samuel Sabatini 50, no Centro da cidade.

ana nice

No último sábado, 16, aconteceu a quinta e última rodada da primeira fase do Campeonato de Futebol Society dos Bancários 2017.

No próximo sábado, dia 23 acontecem os jogos eliminatórios da segunda fase. Os confrontos serão:

Caidera SP x Só Canela Dura

DNA x Serraria

JEREMIAS x Trivela FC

Bola Preta x UTI dos Bancários

Ajax x Black Stone

Bancários ABC x Juntos FC

Modalidade10 x Inter de Meião

Os jogos acontecem a partir das 12h30 nas quadras do Top Spin em São Bernardo do Campo.

Veja abaixo a tabela completa.

tabela5rodada

Reunião aborda diversidade sexual e identidade de genêro

 

O último encontro, realizado em 17 de julho passado, terminou sem avanços para a classe trabalhadora.  

A Fenaban negou a proposta de criação de Grupo de Trabalho específico para discutir as questões relacionadas à diversidade sexual e identidade de gênero, entregue pela Contraf-CUT.

Após a reivindicação dos representantes dos trabalhadores os bancos ficaram de analisar a possibilidade de uma campanha conjunta em combate ao preconceito sexual nos locais de trabalho.

Eles devem apresentar as ações feitas pelo banco nesta terça, para que seja possível pensar em novas ações conjuntas.