quarta-feira , 28 de junho de 2017
Últimas Notícias

Bancários da Caixa discutem mobilização e elegem delegados ao 33º Conecef

Empregados debatem estratégias para defesa dos direitos dos trabalhadores frente aos ataques promovidos pelo governo federal e a bancada empresarial no Congresso Nacional
 

A Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria bancária e o Acordo Coletivo de Trabalho, aditivo à CCT, asseguram os direitos dos empregados da Caixa até 31 de agosto de 2018, com a garantia de 1% de aumento salarial acima da inflação em 2017. Mas a luta da categoria não deixará de ser realizada em um ano em que a classe trabalhadora de um modo geral sofre vários ataques do governo federal em conjunto com a bancada empresarial do Congresso Nacional.

Com o objetivo de discutir a organização dos empregados da Caixa na defesa das suas garantias, na luta contra as mudanças na Previdência e na Consolidação das Leis do Trabalho que retiram direitos, e pela defesa do papel social dos bancos públicos, o Congresso Estadual dos Empregados da Caixa deliberou, no sábado, 10, as propostas de resolução que serão encaminhadas para debate no 33º Congresso Nacional dos Empregados da Caixa (Conecef). 

No encontro também foi eleita a delegação que representará os empregados de base da Fetec-CUT/SP no 33º Conecef, que será realizado entre 30 de junho e 2 de julho, em São Paulo.

Os congressos estaduais são uma etapa preparatória para o Conecef. Os delegados eleitos aprovarão as resoluções do congresso, que se traduzirão em ações de defesa dos direitos dos bancários da Caixa, do caráter 100% público do banco, das instituições públicas e da classe trabalhadora.

Durante o congresso estadual foram discutidas e deliberadas propostas de organização dos empregados para os seguintes temas: defesa dos bancos públicos e, em especial, da Caixa; Funcef; Saúde Caixa; condições de trabalho; mais empregados; aposentados, reestruturação; verticalização; terceirização; reforma trabalhista; e reforma da Previdência.

Foram realizadas, ainda, duas análises de conjuntura durante o encontro. A representante eleita pelos empregados no Conselho de Administração da Caixa, Maria Rita Serrano, também diretora do Sindicato, abordou a situação atual do banco público, e o professor livre docente Alysson Mascaro dissertou sobre a conjuntura geral do País. 

Fonte: Seeb SP, com edição